quarta-feira, 2 de junho de 2010

29 - DESCONGELANDO ASAS

Foto de Kau Mascarenhas: Borboleta e Gelo / Connecticut EUA


Detalhes esquecidos e pouco observados me comovem.

Em muitos momentos, quando saio para fotografar, fico atento às pequenas coisas que não chamam atenção da maioria das pessoas.

Viajo em elaborações psicológicas e filosóficas ao ver num canto um objeto abandonado, numa paisagem um inseto que ninguém notou, um rosto escondido na multidão...

Diante dessa imagem numa varanda em Connecticut, em minha última viagem aos Estados Unidos, viajei em pensamentos diversos:

Inverno. Estalactites que pendiam do telhado começando a derreter. Um mensageiro do vento com borboleta feita de vitral. O gelo da borboletinha derreteu mais rápido. Essa é a descrição da cena feita de uma forma simples e tosca.

Poderia escrever um longo texto sobre essa imagem, mas prefiro aqui narrar de forma simples e mostrar a foto que cliquei, deixando que você próprio contribua com suas reflexões.

Que tal sentir? Que tal criar?
Vamos compartilhar?

5 comentários:

Karla disse...

Eu consigo entender toda essa "composição" de uma fotografia. E por composição não quero dizer estética. Parece que quando estamos com a câmera nas mãos os momentos surgem e aquilo que ninguém notou aparece com outros olhos quando passa pela lente, um pedaço de madeira jogado no canto de um asfalto pode dar uma bela fotografia e nos levar a reflexão.Por fim toda imagem não vale mais do que mil palavras, vale mais que mil sonhos, mil pensamentos, mil significados.Apenas devaneios de uma amante da fotografia! Adorei o seu blog, é de uma sensibilidade e felicidade que ultrapassa o mundo digital... Abraços!

Kau disse...

Muito grato pela visita, Karla! Sua sensibilidade permite que seus olhos vejam tudo o que está além do óbvio. Abraço com kaurinho!

Nana - Lua disse...

Kau, as vezes nos encontramos tao envolvidos na rotina, que a beleza da vida passa como um raio e o tempo resume-se a apenas dias festivos do calendário anual e feriados...e em pequenos instantes algo nos chama a atenção...um passaro que sinaliza que o sol esta se pondo, que o entardecer culmina, e outras coisas que sinalizam que a vida não deve ser transpassada...sou apaixonada por fotografia e muitas vezes a vida me permitiu presenciar lindos cenarios e compartilhar com amigos que nao tiveram a mesma oportunidade...a natureza nos revela sempre com sabedoria através de pequenos gestos.
Amei sua descrição!!!

Aprendiz disse...

Olá Kau..

Quem dera todos tivessem esta sensibilidade para com o próximo e para com o mundo!

Belíssimo blog, virei leitora!

kaumasc@yahoo.com.br disse...

Muito grato pelas participações de vocês. De verdade, algumas imagens magnificas parecem estar apenas esperando para serem congeladas na fotografia. Elas se constroem, nos escolhem, nos chamam, e nós fazemos a menor parte: damos um click. Bj e paz pra vcs!